Variação de até 45% em ovos de chocolate, aponta pesquisa de Páscoa do Procon

COMPARTILHE!

 

A Fundação PROCON-SP, em conjunto com o Procon Municipal de Jundiaí, conduziu uma investigação de preços de produtos de Páscoa em estabelecimentos comerciais, revelando uma discrepância significativa nos valores. O levantamento, realizado entre os dias 7 e 8 de março em sete lojas de Jundiaí, abrangeu 7 bolos de Páscoa, 11 tipos de bombons, 50 variedades de ovos de Páscoa e 48 tabletes de diversas marcas e modelos, totalizando 116 itens.

A comparação foi feita apenas com produtos disponíveis em no mínimo três dos estabelecimentos visitados, com preços diferentes entre eles. O objetivo principal da pesquisa é fornecer uma referência ao consumidor por meio dos preços médios encontrados dentro da amostra analisada. É importante ressaltar que os resultados não podem ser utilizados para fins publicitários, pois as variações de preço estão relacionadas ao período da coleta e os valores atuais podem divergir, sujeitos a alterações devido a descontos especiais, ofertas e promoções, inclusive dentro da mesma rede de lojas.

Entre os bolos de Páscoa, a maior discrepância de preço encontrada foi de 18,76% no item Colomba Pascal Frutas Cristalizadas e Gotas Sabor Chocolate 360g – Visconti, com preço variando de R$ 15,99 a R$ 18,99.

Já entre os bombons, a maior diferença observada foi de 37,87% no produto Raffaelo 15 unidades 150g – Ferrero Rocher, com valores oscilando entre R$ 27,49 e R$ 37,90.

No que diz respeito aos ovos de Páscoa, a pesquisa identificou uma variação de até 45,57%, destacando os itens Oreo – 257g – e Sonho de Valsa – 277g – Lacta, com preços entre R$ 42,79 e R$ 62,29.

Por fim, entre os tabletes de chocolate, a maior discrepância registrada foi de 41,97% no produto Talento Castanha do Pará, Talento Recheado Avelã e Talento Recheado Morango – 85g – Garoto, com valores variando de R$ 5,98 a R$ 8,49.

Valéria Alcântara, chefe do Procon Jundiaí, ressalta a importância de os consumidores compararem não apenas os preços, mas também a qualidade, peso e adequação do produto às necessidades individuais, como idade, preferências e restrições alimentares, antes de efetuarem suas compras.

SIGA NAS REDES SOCIAIS